Género & Ciência AIL

Sessão ao vivo

A presença das mulheres na Limnologia é cada vez mais relevante. No entanto, tal como noutras áreas científicas, o seu número diminui nos escalões mais altos da carreira. As conferências científicas fornecem aos investigadores a oportunidade de divulgar o seu trabalho e estabelecer uma rede de trabalho. Sem dúvida, estas oportunidades raramente são distribuídas igualmente entre mulheres e homens.

Nesta sessão será analisada e debatida a participação e a visibilidade das mulheres nas conferências científicas. Serão apresentados os resultados obtidos num estudo realizado durante o primeiro congresso da Sociedade Ibérica de Ecologia (SIBECOL) em 2019, no qual se analisou estatisticamente o género dos participantes, a participação ativa e a percepção sobre as barreiras de género. Estes resultados serviram de base para a elaboração de recomendações e propostas para diminuir as barreiras de género nos congressos científicos, em particular em eventos organizados pela AIL.

Nesta sessão, quatro vídeos introdutórios disponíveis online serão apresentados, para depois abordar os seguintes aspectos na sessão ao vivo:  

  1. Analizar a Ciência de uma perspectiva feminista e anti-colonialista que toma em consideração não apenas o género como um aspecto típico das pessoas mas também como algo codificado nos sistemas culturais e de conhecimento, graças à apresentação da investigadora Irene Iniesta-Arandia (ver apresentação “Irene Iniesta-Arandia”). 
  2. Conhecer as actividades desenvolvidas actualmente pelo grupo AIL Género & Ciência (ver apresentação “Projectos e Atividades Género & Ciência AIL”)
  3. Mergulhar na exposição “Mulheres na Limnologia”, conhecendo o seu percurso durante os últimos dois anos (ver apresentação “Exposição Mulheres na Limnologia”)
  4. Analisar e debater sobre a participação e visibilidade das mulheres durante as conferências científicas. Os resultados obtidos no estudo realizado durante o primeiro congreso da Sociedade Ibérica de Ecologia (SIBECOL) em 2019 serão apresentados, no qual foram analisadas estatísticas de género dos participantes, bem como a sua participação e percepção das barreiras de género (ver apresentação “Towards gender inclusive conferences: Insights from the first SIBECOL meeting”). Além disso, recomendações e propostas para reduzir as barreiras de género durante congressos científicos serão apontadas, em particular, para eventos organizados pela AIL.

A Comissão de Género & Ciência, incentiva todos os participantes do AIL2020 a partilhar connosco as suas experiências e opiniões usando o hashtag #GenderScienceAIL2020. É responsabilidade de todos fazer avançar a nossa Associação, levando-a a realizar conferências mais inclusivas onde todos tenhamos as mesmas oportunidades.

Esta sessão é organizada pela Comissão Género & Ciência da AIL. A comissão foi criada em 2014 com o objectivo de atuar como observatório de género dentro da AIL, promovendo o papel da mulher dentro da comunidade científica e medidas impulsionadoras da igualdade de género em instituições relacionadas diretamente ou indiretamente com a Limnologia. A comissão é formada por membros da AIL e colaboradores externos que trabalham nos distintos grupos de trabalho de forma permanente ou temporária. Nos últimos anos, a comissão participou em distintos projetos, entre os quais se destacam um estudo sobre a situação das mulheres dentro do AIL “Women in Limnology in the Iberian Peninsula: Biases, Barriers and Recommendations” e a exposição “Women in Limnology”, inaugurada em Coimbra em 2018.